Inovar para o Sucesso (YEN)

As empresas para além de agentes económicos de transformação de bens ou serviços são também autênticas encubadoras de empreendedores, onde o sucesso e motivação desempenham um papel fundamental!

Empresas mais rigidas nos seus processos suscitam pensamento crítico dos executantes das várias tarefas operacionais devido ao desconforto que as rotinas possam causar ou pelas ineficiências que se notam ao acumular experiência. Ficam assim latentes as células da inovação, desejos de mudança ou até frustração pela inércia organizacional.

Outras empresas há que possibilitam que as interrogações das pessoas sejam aproveitadas como matéria-prima para a inovação e utilizadas como massa crítica para optimização das formas de trabalhar. As práticas de gestão tendentes à melhoria contínua, até pelo seu baixo custo de implementação / replicação, são relevantes no desenho de formas de trabalho mais produtivas que resultem em produtos e serviços com maior qualidade.

Infelizmente, por vezes, algumas chefias intermédias, por simples medo de mudança ou para preservação de poder e manter o status quo, não fomentam uma análise rigorosa das actividades que supervisionam. Na mesma toada, a acomodação de muitos trabalhadores – desmotivados porventura – torna díficil propiciar climas de interrogação permanente do porquê das coisas, do como são feitas as coisas.

Em face de algum descontentamento que geram, ou, à contrário, pelo abrir de olhos que despoletam nos seus empregados, as empresas mesmo sem o quererem tornaram-se escola para agentes de mudança que, dotados de conhecimento, experiência e pensamento crítico avistam novas formas de trabalhar e novas possibilidades de negócio.

Assim queiram estas pessoas potenciar os seus próprios recursos, soltando as amarras das organizações com práticas inertes e que oprimam pela sua passividade face a mundo em permanente mutação, e criarão valor acrescido.

A maior dificuldade passa a ser apatia das pessoas… E o medo ou a coragem de responder Sim a um desafio empresarial próprio.

Aí cada um de nós dará a sua resposta! O que estás disposto a fazer pelo teu sucesso pessoal!

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tempos de Crise…

Esteja você a atravessar um momento absolutamente promissor, ou apreensivo quanto ao seu futuro, recomendo a leitura destes parágrafos que estão na página 29 do livro Vender em Tempos de Crise:

“…. como deve preparar-se para um acontecimento desconhecido, que possa aparecer-lhe de repente no horizonte?

Deve começar por assumir um compromisso de crescimento pessoal e sucesso.

O crescimento pessoal é um processo de incremento dos seus conhecimentos, e da sua eficiência para que possa servir melhor, ganhar mais e contribuir para o seu próprio desenvolvimento, o da sua família, e o de toda a humanidade. Exige um investimento de tempo, esforço e dinheiro. Tenha em mente que, se não estiver a progredir, está a ficar para trás.

Rodeie-se de vencedores. Procure outros indivíduos com uma atitude mental semelhante á sua e que partilhem estratégias de vendas para os nossos tempos, noticias positivas, ideias criativas e recomendações de negócios.

…… Não seja a pessoa que quer ter o proveito mas não dá o seu contributo aos outros.

Para não deixar de progredir, recomendo que reserve 5% do seu tempo para o seu desenvolvimento pessoal.

…….Avalie o seu nivel de aptidão nas seguintes áreas:

Gestão de tempo
Formação em Informática
Linguagem corporal – Interpretação e transmissão
….
Leitura
Gestão de finanças pessoais
….
…. O objectivo de investir 5% do seu tempo em desenvolvimento pessoal é acabar com esses medos através da formação.

Esqueça os anuncios a cartões de crédito – o cartão de utente da biblioteca é o mais importante que pode ter na sua carteira.

Pode haver investimento melhor que o investimento no seu crescimento pessoal? Pense nisso. Acredito que concordará que qualquer outra coisa em que invista pode perder valor de mercado, ser roubada ou apreendida pelo fisco. Por outro lado o tempo que investe em aperfeiçoar-se continuará consigo para o resto da vida, contribuindo ao longo da sua carreira para que tenha a autoconfiança e a capacidade necessárias para superar o que quer que a vida atire contra si.

A acrescentar ao imenso volume de materiais educativos disponíveis na biblioteca da sua zona, recomendo que crie um fundo educativo pessoal.

Ponha de lado 5% do seu rendimento líquido numa conta poupança destinada á sua formação. Assim, quando surgir uma oportunidade de formação que supere o que pode encontrar gratuitamente, nunca terá de dizer: «Não tenho posses para ela».

….. muitos formadores excelentes organizam seminários na sua zona sobre tópicos específicos do seu sector ou da sua área. Esteja atento ás datas. Anote-as na sua agenda. Vá aprender.

… Explore todas as vias que o levem acima de onde se encontra hoje”

Extraido do livro Vender em Tempos de Crise de Tom Hopkins.

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tags: , , , ,
Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 11 Comments

Hoje Acordei para Vencer

– Pensando positivo, você reunirá forças para vencer obstáculos;
– Envolva-se pela música;
– Comece a sorrir mais cedo;
– Ao invés de reclamar quando o relógio despertar, agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia;
– Fale de coisas boas, de saúde, de sonhos, com quem você encontrar;
– Não se lamente, ajude as outras pessoas a perceber o que há de bom dentro de si;
– Não viva emoções mornas ou vazias;
– Cultive seu interior, extraia o máximo de pequenas coisas;
– Seja transparente e deixe que as pessoas saibam que você as estima e precisa delas;
– Repense seus valores e dê a si mesmo a oportunidade de crescer e ser mais feliz;
– Tudo o que merece ser feito, merece ser bem feito;
– Não trabalhe só por dinheiro e sim pela satisfação da “missão cumprida”;
– Lembre-se, nem todos têm a mesma oportunidade;
– Seja criativo, buscando alternativas e apresentando soluções ao invés de problemas;
– Veja o lado positivo das coisas;
– Não inveje, admire;
– Seja entusiasta com o sucesso alheio como seria com o seu próprio;
– Ocupe o seu tempo crescendo, desenvolvendo sua habilidade e seu talento;
– Não acumule fracassos e sim experiência;
– Dimensione seus problemas e não se deixe abater por eles;
– Tenha fé e energia, acredite;
– Você pode tudo o que quiser;
– Não viva só para o seu trabalho, tenha outras actividades paralelas;
– O trabalho é uma das contribuições que damos para a vida, mas não se deve jogar nele todas as nossas expectativas e realizações;
– Finalmente ria das coisas em sua volta, ria de seus problemas, de seus erros, ria da vida. ”

Aristóteles Onassis

(texto recebido através da YEN)

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tags: ,
Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 6 Comments

8 Leis para construir uma imagem de sucesso (YEN)

O artigo foi publicado no Expresso e vai na íntegra.

“Se trabalhar a sua marca pessoal convenientemente pode obter um diferencial considerável em relação aos outros. Uma boa marca pessoal pode determinar o alcance de objetivos, a conquista de um trabalho ou um dado cargo, o sucesso numa negociação, entre outras coisas.

Para tal deve cuidar de aspetos tão amplos como a apresentação pessoal, a capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal, a atitude, a postura e os comportamentos, a capacidade de liderar e motivar-se a si próprio/a e aos outros.

Na verdade, isto significa que a construção de uma marca pessoal leva tempo e exige acções contínuas. Em contrapartida, uma palavra mal dita ou um ato menos correto podem deitar tudo a perder.

Para facilitar este processo, Peter Montoya, guru do marketing pessoal, identificou oito leis que podem fazer a diferença na criação de uma marca pessoal de sucesso:

1. Lei da Especialização – Consiste em posicionar a marca pessoal como especialista numa dada área de acção.

2.Lei da Liderança – Passa por agir de forma a ser considerado o melhor ou um dos melhores na sua área.

3. Lei da Personalidade – Pretende construir a marca pessoal a partir da verdadeira personalidade, de forma autêntica e positiva.

4. Lei da Distinção – Procura expressar a marca de forma única para que se distinga de outras.

5. Lei da Visibilidade – Visa dar a conhecer continuamente a marca pessoal, para que seja recordada e referenciada pelos outros.

6. Lei da Coerência – Consiste em adotar a mesma atitude em público e em privado.

7. Lei da Persistência – Dá tempo à marca pessoal para se desenvolver, até porque os resultados alcançam-se com muita determinação.

8. Lei da Boa Vontade – Torna a marca bem intencionada, gerando confiança e respeito pela mesma.

A partir daqui cabe-lhe a si definir a melhor forma de colocar estas leis em prática, respeitando sempre a essência do seu “Eu”…”

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tags: ,
Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 1 Comment

7 Dicas… (YEN)

(mensagem recolhida através do Young Entrepeneurs Network)

Toda e qualquer relação muda ao longo do tempo. Requerem trabalho e dedicação de ambos os lados para se fortalecerem e crescerem.

As dicas seguintes vão ajudá-lo(a) a solidificar as suas actuais relações e a alimentar a lealdade dos clientes:

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

1. Peça feedback negativo: Como?  Sim.  O feedback negativo ajuda-nos a sermos melhores.  Os clientes com razões de queixa podem muito bem vir a ser os seus melhores amigos.  Se eles não expressarem as suas frustrações nunca seremos melhores.  Sem melhorar, os nossos negócios vão estagnar e, eventualmente, morrer.

A melhor forma de conseguir que um cliente desabafe é dizermos-lhe claramente que queremos a sua opinião, boa ou má. Pode faze-lo em forma de pergunta – “que mais posso fazer por si?” ou “como o posso ajudar?”

2. Exceda as expectativas, acrescentando valor:
Valor é a qualidade do nosso produto ou serviço quando comparada com o seu preço. Se o produto tem melhor performance, dura mais tempo ou custa menos dinheiro do que esperado, os clientes tornam-se “fãs”. Esteja na rectaguarda dos seus produtos ou serviços. Se possível, ofereça garantias. Na maior parte dos casos, uma garantia vitalícia não apresenta maior índice de reclamações do que uma garantia de 30 dias, 1 ano ou 2 anos. Porém, o valor percebido é muito maior.

O valor confere aos clientes segurança e conforto. Quando excedemos as expectativas dos clientes, no que respeita ao valor recebido, criamos neles uma obrigação de lealdade.

3. Exceda as expectativas dos clientes com melhor informação:
Qualquer produto ou serviço tem uma componente informativa. Este lado informativo é uma excelente oportunidade para exceder as expectativas dos clientes. Deixe tudo claro.

Conforte os clientes assegurando-lhes que não terão qualquer problema com os produtos ou serviços adquiridos.  Invista na explicação de como funcionam e o que esperar ao utilizá-los. Se o seu produto é um serviço, mostre aos seus clientes como continuar a usufruir dos seus benefícios.

4. Exceda as expectativas dos clientes com ofertas acrescentadas: Pense que pequenas coisas, tangíveis, pode oferecer aos seus clientes. Esta área de oportunidade está fortemente relacionada com o marketing.

É reconhecido pelos marketeers o potencial de venda acrescentada aos seus actuais clientes. Eles não se vão importar se, suavemente, os contactar para propor uma compra adicional. Mas não pressione excessivamente!

5. Procure formas de melhorar o seu timing e o seu follow up: Nada impressiona mais e melhor do que um follow up imediato sobre o grau de satisfação dos clientes com o produto ou serviço… Os comerciais mais bem sucedidos têm esta tarefa permanentemente calendarizada.

Quem está verdadeiramente orientado para o serviço ao cliente assume compromissos com os clientes e respeita-os escrupulosamente.

6. Reforce o seu investimento na fase final da transacção: Estudos recentes, utilizando técnicas das ciências comportamentais, concluíram que os últimos momentos de uma transacção comercial são extremamente importantes para criar lealdade por parte do cliente.

Muitos acreditam que quer as primeiras impressões quer o último contacto são igualmente importantes. Não é verdade. O final do processo é muito mais importante dado que é o que vai ficar na memória. Aliás, se o início do processo comercial foi fraco, pode sempre compensá-lo com um excepcional final!

7. Reforce a confiança do cliente no momento da tomada de decisão: O remorso da compra pode surgir muito rápido, sobretudo quando o investimento financeiro é significativo.  Uma excelente ferramenta para reforçar a decisão do cliente e demonstrar apreço é o telefone.  O simples gesto de telefonar ao cliente a agradecer a compra pode operar milagres, tanto mais quanto mais alto na hierarquia da empresa for o autor da chamada….

O cliente ficará surpreendido quando perceber que não lhe estávamos a tentar vender mais nada, apenas a agradecer. Ligue ao seu cliente logo após a compra para confirmar se ele está integralmente satisfeito e se correspondemos às expectativas criadas. Serão seus clientes por muitos anos.

Resumindo, faça dos seus clientes a sua principal prioridade! Esta é a chave do SUCESSO!

Alfredo Allen Valente