BEM VINDO

Olá a todos!

Já alguma vez se sentiu deslocado no seu grupo de amigos? Já alguma sentiu que olhavam para si de lado como se estivesse a dizer ou fazer qualquer coisa mesmo estranha? Já alguma vez pensou que “É impossível eu ser a única pessoa que pensa positivo em Portugal, mas onde é que andam as outras?”. Onde estão todos aqueles que se interessam mesmo por Sucesso e Motivação?

Este site é para si!

O Vencer GT é uma comunidade onde todos podem ser eles próprios e em que todos partilham a sua experiência uns com os outros por forma a crescermos enquanto Humanidade, para termos mais sucesso e motivação.

Serve também como local de confluência de várias temáticas e dinâmicas diferentes, onde podemos ver vídeos, saber novidades, ter acesso a conteúdo exclusivo, aceder a promoções fantásticas, etc…

Comprometemo-nos a trazer-lhe sempre coisas novas, frescas e os mais recentes conteúdos de desenvolvimento pessoal, sucesso, motivação, liderança, estratégia, gestão emocional, etc…

Vai também ter acesso a formações e sessões de coaching com os mais avançados conteúdos, por forma a cada vez mais produzir mais e melhores resultados nas suas relações, na sua profissão, nas suas finanças, na sua VIDA!

Segundo Anthony Robbins, “a qualidade das nossas vidas é o reflexo das expectativas das pessoas que nos rodeiam e influenciam…” Agarra agora a oportunidade de teres um grupo fantástico!

Aproveita agora e subscreve a newsletter para estares sempre alerta das novidades e receberes bónus especiais! Recebes de imediato o exclusivo ebook “GT Coach – Manual” no teu email!

Subscreve agora a Newsletter VENCER GT!

Recebes de imediato o ebook exclusivo “GT Coach – Manual”

Omeletes sem partir ovos…

“O que arde cura, o que aperta segura” era a frase que a minha mãe me dizia quando punha alcool etilico nas feridas abertas do joelho, cotovelo, canela, etc, do seu energético e um pouco estouvado filho (EU!). Posso dizer que este processo curava mesmo tanto como ardia… e ardia muito! :)

Lembro-me sempre desta frase sempre que um dos meus coachees atravessa a (quase inevitável) fase do “isto custa muito…”.

Esta é normalmente a fase em que a mudança começa a acontecer e aparecem as dúvidas, as interrogações; em que é preciso mais coragem para fazer escolhas e tomar decisões. Algumas pessoas nesta fase, fogem de si e dizem que não é a altura certa ou que agora não é o momento ideal, alguns esperam sinais divinos que lhes indiquem o que fazer e outros agarram em toda a sua força, em toda a sua coragem e tomam decisões.
Essas decisões podem ser de ficar no mesmo sítio ou de alterar, em qualquer dos casos, são escolhas conscientes, ponderadas, atentas às condições e às paixões que os movem.

Como firme crente que sou no ser humano, sei que quando as pessoas tomam estas decisões inspiradas por uma visão maior, por um objetivo atrativo o suficiente e são suportadas por um peer group forte, elas vão encontrar maneira de as fazerem acontecer.

Mudar sem desafio e/ou desconforto é tão fácil como fazer omoletes sem partir os ovos…

Em que areas da tua vida estás com receio de tomar decisões de sucesso?
Em que areas estás a sentir desconforto/desafio?

Gostavas de ter ajuda nestas decisões? Clica aqui para Coaching!

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tripeiros?

Sabias que a expressão Tripeiros, comummente usada para designar os habitantes da cidade do Porto é uma expressão carinhosa e de reconhecimento?

Em 200 A.C. chamavam-lhe a cidade de Cale, ou Portus Cale. Mais tarde veio a tornar-se a capital do Condado Portucalense e foi berço do “Navegador” Infante D. Henrique.

No início do século XV havia uma grande crise em Portugal. Não como agora, era algo bem mais grave. Portugal passava fome devido à falta de trigo e os cofres estavam vazios. Na altura não estávamos na União Europeia, nem havia o tão temido FMI para nos emprestar dinheiro. O que havia era um Reino com mais de trezentos anos, pobre e enfraquecido cercado por um mar desconhecido e perigoso. Onde não era esse mar a cercar o nosso país, eram reinos inimigos que estavam a ser absorvidos pelo Reino de Castela. Nessa altura o Reino de Castela estava a tornar-se uma super-potência temida pelos povos da França e da Bretanha e o Reino de Portugal estaria confinado a ser anexado a Castela.

Mediante estas variáveis previa-se o fim do Reino de Portugal, o fim de um reino com 300 anos de conquista aos Mouros, impar bravura e irreverência a Castela.
Foi uma altura em que a maioria temia o pior e discutia o porquê de termos chegado a esse estado e como tentar sobreviver depois da queda do reino. Faz-te lembrar alguma coisa? Faz-te lembrar as discussões sobre a recente queda do último governo e o que fazer após a mesma e a entrada do novo governo, que é governado pelo FMI?
Se o reino passa fome e está em risco de ser conquistado, porque não descobrir e conquistar outros reinos? Naqueles tempos, uma minoria decidiu focar-se não no fim do reino, mas sim no início de um império e na glória eterna. Ceuta pareceu-lhes a solução pois nos arredores de Ceuta existia uma grande produção de trigo e era a cidade onde afluíam os produtos orientais vindos da Índia pelas rotas do Saara e traziam ouro, especiarias, etc.
E tu? Em que está focado agora?

Em discutir sobre como o país chegou à situação actual e como vamos sobreviver sem o subsídio de Natal, com o IVA a 25%, sem feriados para descansar, os restantes impostos a aumentar, os salários a diminuir, as empresas a fechar, etc. É nisso que estas actualmente focado agora? Ou estás focado em construir um império e teres o mundo nas tuas mãos? Fazes parte da maioria que discute, ou da minoria que faz?

Estás a pensar algo do género: «Construir um império? Ter o mundo nas minhas mãos? Nesta fase? Tomara eu sobreviver e passar estes próximos 10 anos com o mínimo de sofrimento possível. Nesta fase não há recursos para esse tipo de aventuras. Agora não dá. Agora isso seria loucura…»?

Pois, naquele tempo o país pensou o mesmo, mas uma minoria decidiu ser diferente, ganhar recursos que ninguém imaginava possíveis e agir. Conseguiu juntar uma minoria de 20.000 loucos (que mais tarde ficaram para a história não como loucos, mas sim como a elite) e partir para Ceuta.

«Uma armada de 20.000 homens para Ceuta? Como é que isso é possível num país esfomeado? O reino não tem recursos, mal tem comida para alimentar o povo, quanto mais para abastecer uma armada deste tamanho para uma viagem tão longa? Impossível! No mar não há comida e se não temos comida para abastecer os barcos as tropas chegarão lá esfomeadas e guerreiros esfomeados só conhecem um destino, a derrota. Ainda ficamos piores, pois perdermos toda a nossa força bélica e aí é que somos mesmo invadidos. Nesta fase? Tomara nós sobrevivermos e passar estes próximos tempos com o mínimo de sofrimento possível. Nesta fase não há recursos para esse tipo de aventuras. Agora não dá. Agora isso seria loucura…». (Acho que já li isto há dois parágrafos atrás…).

O Porto é uma cidade de loucos, loucos que deram tudo o que tinham por um bem maior, uns deram as armas, outros deram a vida e outros deram toda a escassa carne que tinham para abastecer os navios, ficando apenas com as tripas. E foi nessa épica loucura que, mais uma vez, com criatividade, das tripas fizeram coração e inventaram uma iguaria que ainda hoje é conhecida e apreciada, as «Tripas à moda do Porto» e ensinaram ao resto do país que é dando o que não se tem que nos colocamos na posição de receber o que mais necessitamos, que é simplesmente aquilo que já demos.
Em 1415 Infante D. Henrique formou a armada, partiu de Lisboa abastecido com a carne dos «Tripeiros» e conquistou Ceuta dando assim início a uma das maiores epopeias da história da humanidade.

Graças aos «loucos» que acreditaram, o Reino de Portugal não caiu e de Ceuta ao Japão, os Portugueses tiveram o mundo nas suas mãos…

Como é que nos dias de hoje podemos também acreditar e criar os recursos que nos permitem uma nova epopeia?
Como é que nos dias de hoje podemos também acreditar e criar os recursos que nos permitem ter o mundo nas nossas mãos?

O momento está quase a chegar… PREPARA-TE!

Sónia Anjos
Texto do Blog Sou Amor e Alma

Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 1 Comment

Perguntas do Génio?

“Aladino esfregou a lâmpada e o génio saiu e disse: – Concedo-te 3 desejos!”

Enquanto Coach e Trainer já ajudei milhares de pessoas que entravam para o processo com esta ideia que tudo magicamente se ia resolver. Procuravam respostas e fórmulas para ter todos os seus desejos realizados num instante… Pois… não é assim que isto funciona!

Coaching é muito mais do que respostas… Da minha experiência ainda não encontrei respostas que “servissem” a todos ou em todas as situações. Por isso me atraiu tanto a área do Coaching e NeuroEstratégia, pois permitiu-me perceber que eu não funcionava primariamente com respostas e sim com perguntas. O meu cérebro tinha já as respostas e quando eu encontrava a forma correta de perguntar ele dava-me a solução! Curiosamente quando estudei várias pessoas de sucesso, também é este o processo que elas seguem.

Claro que, como a esmagadora maioria dos seres humanos, eu também fantasio e por vezes penso como seria ter já tudo aquilo que pudesse desejar… e rapidamente esboço um sorriso, pois sei que na minha vida, eu tenho neste momento o que verdadeiramente desejo, pois foi de facto aquilo em que me empenhei e arrisquei.

Como quero viver o que ensino, eu próprio tambem estou sempre à procura das melhores perguntas e das melhores pessoas a quem as fazer… Por isso podem contar comigo no evento do ano em Londres, o National Achievers Congress, que vai reunir Sir Richard Branson, Tony Robbins e mais uma dúzia de especialistas de topo.
Se alguém me quiser acompanhar ainda pode usufruir de condições especiais… é só clicar aqui.

Que perguntas andas a fazer ao teu cérebro?

Tags: , ,
Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 16 Comments

Projeto TrocaSmart

Objetivo:
Proporcionar uma forma fácil de profissionais liberais e especialistas trocarem ideias, serviços e gerarem network. O sucesso provem de conseguir manternos focados no nosso core business enquanto especialistas fazem o resto.

Conceito:
Cansado de perder tempo com tarefas que não gosta, não tem habilidade e paciência e que retiram energia e disponibilidade para fazer o que o apaixona?
No TrocaSmart, profissionais de várias áreas de actuação disponibilizam parte do seu tempo para “trocarem” com outros e atribuem um valor por hora que servirá para negociarem com outros especialistas. Depois é so buscar o especialista que querem e acordarem.
Sem troca de dinheiro, valorizando “tempos mortos”, maximizando produtividade através da delegação de tarefas.
Quanto mais caro for “preço” que atribuem à vossa hora, menos “clientes” terão, pelo que faz sentido atribuir um valor real ao trabalho e que seja concorrencial na vossa area de actuação.
Não há fee de entrada, nem limites de utilização, pois o TrocaSmart pretende ser um espaço livre, de ajuda mútua, de interação forte, networking e influência.
A áreas principais que buscamos são contabilidade, apoio à gestão, marketing/publicidade e branding, web, social networking, design, coaching, personal assistant e press manager, sendo que apesar disto qualquer pessoa pode participar.
São todos muito bem-vindos.

Como participar:
Basta enviar mail com apresentação ou CV para trocasmart@gmail.com e serão contactados.

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!

Tags: , ,
Posted in Uncategorized by Ricardo Peixe. 3 Comments

National Achievers Congress 2011

A melhor fonte para descobrir a chave do SUCESSO!

Há uma pequena percentagem de pessoas em qualquer sociedade que já sabem que a vida tem muito, muito mais para oferecer e que querem saber AGORA como proceder para consegui-lo.

Regra geral, são bastante fáceis de identificar.

Nos negócios, eles têm uma mentalidade individual – eles são os proprietários das melhores PME, os líderes das sociedades, os empresários, os altos decisores de topo, os CEO’s.

São os que presidem conselhos de administração ou sabem que deviam presidir. Eles nunca estão satisfeitos com o status quo – são os que fazem a mudança, em vez de responder a ela.

E até podem cair nas fileiras dos assalariados ou desempregados, mas estão sempre à procura da oportunidadede de provar-se num palco grandioso.

Eles podem estar fora da força de trabalho tradicional, aposentados, na casa dos pais ou ser alunos.

No total, uma percentagem pequena, composta de vários tipos, mas todos com uma coisa em comum: o compromisso com a realização dos seus sonhos e com encontrar o que é preciso para atingi-los.

O National Achievers Congress- um evento extraordinário, em Londres, no Verão de 2011 – foi concebido com esse grupo de pessoas em mente.

O National Achievers Congress é um programa estrategicamente montado com sistemas diversos e complementares para o sucesso. Vai ouvir os peritos e especialistas de todos os cantos do globo – cada um com um histórico inigualável em seus campos de especialização.

Liderados por três dos empreendedores mais inspiradores do mundo: Sir Richard Branson, Tony Robbins e Lord Alan Sugar, que vão liderar e encabeçar, ao vivo, um programa sem precedentes com empreendedores de classe mundial.

Com estes titãs do desempenho vai aprender:

As Regras de Ouro de Richard Branson para o empresário – o sistema de pessoal para osucesso

Estratégias para o Sucesso Condicionado de Tony – Como chegar ao seu potencial máximo para a realização

Estratégias comprovadas e resistentes, para superar a recessão e a exponenciar o crescimento de Lord Sugar

O National Achievers Congress oferece uma oportunidade inédita para escolher a dedo as estratégias dos líderes mundiais e criar o seu próprio e específico pacote de Sucesso Máximo.

Algumas das coisas que você vai descobrir ao longo destes três dias inesquecíveis:

- Levantar seus padrões e metas para o próximo nível e como chegar lá!
- Como a visão é fundamental para a dinâmica de construção e maximização do sucesso!
- Conhecer metodologia de ponta em sistemas, tecnicas e estrategias.
- Reconhecer e agir sobre oportunidades de sucesso, logo que eles apareçam.
- Como suas emoções e a sua psicologia podem moldar o seu sucesso.
- Como líderes de negócios da elite criam e protegem a sua riqueza de forma sustentável.
- Aprender a desenhar o seu proprio caminho para enfrentar e conquistar qualquer desafio.
- Como rodear-se daqueles que partilham espírito empreendedor – passar de bom para excelente
- Medição do sucesso – os principais fatores que influenciam seus resultados
- Como alcançar a experiência mais gratificante de sucesso e fazer a diferença na vida das pessoas

Mais informação clicando aqui… http://vencergt.com/?page_id=845

Subscreve a Newsletter Vencer GT e mantêm-te a par de todas as novidades e bónus exclusivos!